PUB
Santander Saúde

Rede Social de Matosinhos define eixos de intervenção para combater o desemprego

Rede Social de Matosinhos define eixos de intervenção para combater o desemprego

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Para 2014, a Rede Social de Matosinhos definiu um Plano de Ação dividido em seis eixos de intervenção: Educação, Formação e Inserção Laboral; Condições de Vida e Cidadania; Inovação e Qualificação de Equipamentos e serviços; Riscos e Perigos; Igualdade do Género; Participação, Trabalho em Rede e Produção de Conhecimento.

O presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, defendeu esta quarta-feira a necessidade de continuar a investir na ativação da cidadania, referindo que, naquele concelho, “o essencial está feito”. As declarações do autarca foram proferidas na sessão de abertura do 29.º Plenário do Conselho Local de Ação Social (CLAS), que reuniu mais de cem instituições da Rede Social de Matosinhos. O desenvolvimento de ações de informação sobre direitos e deveres de cidadania, a criação de Conselhos de Cidadãos e a definição de um Plano de Mediação de Conflitos são algumas das prioridades destacadas por Guilherme Pinto.
Em comunicado enviado às redações, a autarquia de Matosinhos adiantou que, para este ano, a Rede Social de Matosinhos definiu um Plano de Ação dividido em seis eixos de intervenção: Educação, Formação e Inserção Laboral; Condições de Vida e Cidadania; Inovação e Qualificação de Equipamentos e serviços; Riscos e Perigos; Igualdade do Género; Participação, Trabalho em Rede e Produção de Conhecimento. Entre as ações previstas – que são cerca de duas centenas – estão a implementação do Projeto Educativo Municipal, a criação de um Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional, a construção/adaptação de novas Unidades de Saúde Familiar, a criação de um Centro de Abrigo e Apartamento de Reinserção, o reforço do Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento, o Banco de Ajudas Técnicas, o Banco de Bens Concelhio, a Farmácia Solidária, a Rede de Parceria das Instituições de Combate à Precariedade Económica, a criação de uma Unidade de Apoio Domiciliário Integrado para pessoas com doença mental, a Casa de Acolhimento de Emergência, o projeto VEM-Voluntariado em Matosinhos de proximidade e o Serviço de Teleassistência.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce