Sabor do mês PD - carne

Recuperar e reimaginar é o tema do Dia Internacional dos Museus 2021

Recuperar e reimaginar é o tema do Dia Internacional dos Museus 2021

Em 2021, a celebração do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, desafia instituições culturais de todo o mundo a “experimentar novas formas de modelos híbridos de fruição cultural e reafirmar a sua missão de construtores de um futuro justo e sustentável”.

O tema da próxima edição do Dia Internacional dos Museus, “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”, apela ainda aos profissionais do setor para que se reinventem e criem novos modelos de gestão e soluções inovadoras.

O Conselho Internacional de Museus (ICOM), organismo internacional que promove as comemorações deste dia desde 1977, recorda que em 2020, “o setor da cultura foi um dos mais afetados”, e os museus, em particular, perderam entre 25% e 75% dos visitantes, estando a sofrer “sérias repercussões” económicas, sociais e psicológicas.

No entanto, “a crise também serviu como um catalisador para inovações cruciais que já estavam em curso, nomeadamente na digitalização, criação de novas formas de experiências culturais e comunicação”, sublinha.

O ICOM desafia assim os museus de todo o mundo a “abraçar e liderar a mudança”, através de uma “reflexão sobre a relação com as comunidades que servem, experimentar novas formas de modelos híbridos de fruição cultural, e reafirmar a sua missão de construtores de um futuro justo e sustentável”.

“Temos de investir no potencial criativo da cultura como motor da recuperação e inovação na era pós-covid”, considera o ICOM.

O objetivo do Dia Internacional dos Museus (DIM) é chamar a atenção sobre o facto de que “os museus são um importante meio de intercâmbio cultural, enriquecimento de culturas e desenvolvimento de entendimento mútuo, cooperação e paz entre os povos”.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes