PUB
CMPorto

Recolha de resíduos porta-a-porta chega às Antas

Recolha de resíduos porta-a-porta chega às Antas

A recolha seletiva de resíduos porta-a-porta, uma iniciativa da empresa municipal Porto Ambiente em colaboração com a Lipor e financiada pelo POSEUR, será alargada às Antas. A medida passará a abranger mais cerca de cem famílias nas ruas de Santo António de Contumil e do Dr. Luís Pinto da Fonseca.

“Os moradores de cada uns dos fogos abrangidos irão receber, para o efeito, contentores para recolha dedicada (papel/cartão, plástico/metal, vidro, orgânicos e indiferenciados) e, em paralelo, decorrerá uma ação de sensibilização e informação sobre a correta separação de resíduos, periodicidade das recolhas, e procedimentos mais adequados para a deposição”, informa a autarquia em comunicado.

Este alargamento é parte da estratégia da Porto Ambiente para adaptar a recolha de resíduos às diferentes áreas residenciais da cidade, reforçando os equipamentos de proximidade para uma deposição correta, facilmente acessível a todos os munícipes. Nas zonas de moradias unifamiliares, como é o caso das Antas, é implementado o sistema de recolha porta a porta.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Desde o seu lançamento em julho de 2018, o projeto já serviu as Uniões de Freguesia de Lordelo do Ouro e Massarelos, Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, bem como Ramalde, contando com a adesão de cerca de 2.700 famílias e permitindo, em 2023, a recolha seletiva de mais de 923 toneladas de resíduos.

A expansão do projeto de recolha seletiva reforça o compromisso da Porto Ambiente com a promoção da economia circular, visando a neutralidade carbónica na cidade, alinhando-se com os objetivos do Pacto do Porto para o Clima.

Foto: Andreia Merca

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem