Sabor do mês PD - carne

Reciclagem cresce 13% em ano de pandemia

Reciclagem cresce 13% em ano de pandemia

A recolha seletiva de embalagens aumentou 13% em 2020 em Portugal, face a 2019, tendo sido encaminhadas para reciclagem mais de 409 mil toneladas de embalagens, revelou esta quinta-feira a gestora de resíduos Sociedade Ponto Verde (SPV). 

Deste valor, 132 mil toneladas dizem respeito a papel e cartão, o que equivale a um aumento de 39,7% face ao ano anterior. As embalagens de plástico colocadas nos ecopontos aumentaram em 7,6% e as embalagens de vidro cresceram 1,3%.  

De acordo com a SPV, com estes resultados “foi possível evitar a emissão de 158 mil toneladas de CO2e”. 

“Num ano caracterizado pelos fortes impactos da pandemia, os portugueses continuaram comprometidos com a causa da reciclagem e podemos por isso afirmar que a recolha seletiva não abrandou com o confinamento”, sublinhou a CEO da gestora de resíduos, Ana Isabel Trigo Morais, acrescentando que, apesar dos novos desafios que irão surgir, consequentemente de um novo confinamento e de um futuro incerto, “o compromisso com a reciclagem e com a cidadania ambiental deverá fazer sempre parte do dia-a-dia” de cada cidadão. 

Os números agora divulgados revelam que os comportamentos de reciclagem continuam a ser uma prioridade no quotidiano dos portugueses, mesmo num ano em que os seus estilos de vida foram inevitavelmente alterados.   

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes