PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Reabilitação do Bolhão não avança até abril

Reabilitação do Bolhão não avança até abril

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, afirmou que o conceito de requalificação do Mercado do Bolhão está definido, mas que “é prudente” esperar para saber se há fundos comunitários para o financiamento do projeto.

Rui Moreira defendeu esta sexta-feira que, apesar de o “conceito” de reabilitação do Mercado do Bolhão já estar “perfeitamente definido”, o mais indicado será esperar por abril para saber se o projeto pode ser financiado por fundos comunitários. “É prudente esperarmos para, em abril, saber se há [fundos comunitários] e, nessa altura, escolheremos o modelo [de financiamento]. Mas o Bolhão será seguramente restaurado”, assegurou o presidente da autarquia portuense, em resposta aos jornalistas numa conferência de imprensa sobre a vitória do Porto como “Melhor Destino Europeu 2014”.
Para o independente, os projetos do Bolhão e do Pavilhão Rosa Mota são fundamentais para a consolidação da cidade como destino turístico. Segundo revelou, os montantes do investimento estão “mais ou menos quantificados”, mas há “uma dúvida que ainda não está esclarecida”: a definição do próximo Quadro Comunitário de Apoio (QCA) e as verbas “que serão reservadas, ou não, à reabilitação urbana”. “Podemos seguir vários modelos de financiamento. O modelo da parceria público-privada ou modelos alternativos de investimento público puro e duro. Para fazermos essa escolha, precisamos de saber o que é possível, logo que o próximo QCA esteja totalmente definido”, referiu.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz