CMPorto

Quatro novas obras integram coleção de arte municipal do Porto

Quatro novas obras integram coleção de arte municipal do Porto

No âmbito do projeto Aquisições, a Coleção Municipal de Arte foi ampliada com quatro novas obras de arte contemporânea, adquiridas a quatro galerias da cidade do Porto.

De acordo com a Câmara do Porto, por sugestão do comité de seleção, composto por Fátima Lambert, Paula Parente Pinto e Nuno de Campos, serão adquiridas “A Corrida” (2020), de Luísa Abreu, à Galeria 117; “Corpo em submissão_2” (2020), de Domingos Loureiro, à Galeria João Lagoa; “Biovirtual, body-performance” (1982-2019), de Silvestre Pestana, à Galeria Nuno Centeno; e “Great Mallow Reserve (with Bin Koh)” (2020), de Alice dos Reis, à Lehmann + Silva.

Ao longo de 2020, foram 16 as obras que passaram a integrar o espólio do município, sendo que todas as aquisições podem ser conhecidas na plataforma Pláka, que integra o projeto Aquisições, coordenado pela empresa municipal Ágora – Cultura e Desporto do Porto e que tem vindo a compor a Coleção Municipal de Arte desde 2018.

Dinamizar e valorizar o património artístico do Porto e documentar a memória da prática artística da cidade são os objetivos da iniciativa, que adquiriu já 44 novas obras de arte a várias galerias de arte da cidade, entre 2018 e 2020.

Com um orçamento anual de 100 mil euros, o projeto contou, em 2020, com uma verba suplementar de 35 mil euros, destinado à compra direta a artistas e coletivos de artistas sediados na cidade do Porto que resultou na aquisição de 21 novas obras.

“O projeto Aquisições, nas duas modalidades, terá continuidade em 2021 com um novo comité a ser anunciado em janeiro”, avança a autarquia.

Foto: Corpo em submissão 2, Domingos Loureiro

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem