PUB
Recheio 2024 Institucional

“Política orçamental em Portugal foi indisciplinada”, sublinha FMI

Durante o discurso, o responsável notou que a principal característica que distingue os problemas de Portugal dos restantes países da periferia europeia em dificuldades é a elevada alavancagem, tanto das empresas como das famílias. “Um fator distintivo de Portugal era a elevada alavancagem do setor privado, algo que foi alimentado por mercados internacionais e bancos domésticos complacentes”, referiu.
Abebe Selassie destacou ainda que os portugueses já fizeram “grandes sacrifícios” que “não foram em vão”. “[Os portugueses] fizeram sacrifícios consideráveis até agora, evidentemente, mas conseguimos grandes progressos”, disse, reconhecendo, no entanto, o agravamento do problema do desemprego. O economista etíope mencionou algumas evoluções positivas na redução dos “desequilíbrios macroeconómicos que caracterizavam” a economia portuguesa: redução das taxas de juro pagas pela dívida portuguesa, equilíbrio orçamental e redução do défice externo.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem