CIN - Branco Perfeito

“A PJ deve manter-se na esfera do Ministério da Justiça”

«A PJ está na Justiça e deve continuar na Justiça. E quando falo da Justiça é do Ministério da Justiça. Deve ser sempre esse o espírito e não deslocar a PJ, como às vezes se pretende, para outros quadrantes», disse Batista Romão, após abrir, no Porto, as segundas Jornadas de Polícia Científica. Questionado pelos jornalistas sobre a tutela distinta de PSP e GNR, forças que também têm responsabilidades na investigação criminal, o diretor da PJ/Norte declarou que acha «positivo que as polícias não estejam todas concentradas no mesmo ministério».
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef