PUB
Philips S9000

PSP/Porto encerra postos para libertar dispositivo para ação policial

PSP/Porto encerra postos para libertar dispositivo para ação policial

“Temos que tirar elementos policiais presos a atividades administrativas para os pôr na atividade operacional. Este reajustamento do dispositivo significa libertar 10% do dispositivo para a atividade policial, num aumento de visibilidade que é muito importante para o Porto”, afirmou Miguel Macedo.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A partir deste mês, o comando metropolitano da Polícia de Segurança Pública do Porto vai encerrar 11 postos de atendimento, encerramentos esses que, segundo o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, vão “libertar 10% do dispositivo para a atividade policial” e aumentar visibilidade. A decisão foi comunicada ontem, segunda-feira, pelo comandante metropolitano da PSP do Porto, Francisco António Bagina, durante a assinatura do contrato de arrendamento que vai permitir a abertura da nova esquadra da PSP de Cedofeita, cerimónia que decorreu na Câmara do Porto. “Não está aqui em causa poupar. Temos que tirar elementos policiais presos a atividades administrativas para os pôr na atividade operacional. Este reajustamento do dispositivo significa libertar 10% do dispositivo para a atividade policial, num aumento de visibilidade que é muito importante para o Porto”, referiu o ministro. De salientar que o projeto de reorganização para o Comando Metropolitano da PSP do Porto previa o encerramento das esquadras de atendimento na Praça Coronel Pacheco, na Rua da Boavista, no Carvalhido, no Lagarteiro, em São João de Deus, Leça da Palmeira e Areosa. De acordo com o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, a tutela permitiu “abrir uma exceção” e manter aberto o posto do Lagarteiro, em Campanhã. “Pela distância a que está do centro da cidade, pelas dificuldades de mobilidade que ainda subsistem em muitos moradores daquela zona, pelo menos para já, parecia-nos pouco avisado encerrar já aquele posto”, justificou o autarca independente.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz