PUB
Recheio 2024 Profissional

PSP participa incidentes do “Dragão”

PSP participa incidentes do “Dragão”
A Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu participar “às entidades competentes” os incidentes ocorridos à saída do Estádio do Dragão, no domingo, que envolveram dirigentes e funcionários do FC Porto, confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte da instituição.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Fonte das Relações Públicas do Comando Metropolitano do Porto da PSP informou que, “como é normal noutras situações” os agentes que estiveram no local “irão fazer um relatório sobre todos os factos ocorridos”. Posteriormente, os incidentes são participados “a todas as entidades competentes”, sendo que a PSP, além do Ministério Público, tem competências para decidir em função dessa mesma participação. Os incidentes a que se refere a fonte policial aconteceram no fim do jogo FC Porto-Estoril, que os “dragões” perderam por 1-0, quando dirigentes do FC Porto contrariaram as ordens de trânsito e de segurança impostas pela Polícia. A alegada ‘agressão’ de um segurança a um elemento da PSP está também na mira da participação por parte da força policial.
Pinto da Costa, presidente portista, afirmou no local ter dado ordens para que os carros dos jogadores saíssem no sentido habitual do trânsito, o que provocou um momento de tensão com os agentes policiais no local. “Ninguém do FC Porto altera o seu caminho para sair do estádio ou das instalações do clube”, disse o líder portista, que, na altura, acrescentou: “Não aceitámos que a Polícia nos quisesse obrigar a ir em sentido contrário do trânsito, em contramão, para não passarmos junto dos adeptos”.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem