PUB
CIN - Branco Perfeito

Propostas pelo dobro do valor adiam construção do Feiródromo de Campanhã

Propostas pelo dobro do valor adiam construção do Feiródromo de Campanhã

O projeto do Feiródromo de Campanhã enfrenta atraso na sua concretização. Apresentado há cerca de um ano, tinha-se previsto a sua inauguração para abril deste ano, como a Viva! chegou a noticiar.

No entanto, devido a contratempos no processo, a autarquia estabeleceu uma nova meta para a sua conclusão, apontando agora para o último trimestre de 2024.

Contudo, o cumprimento deste prazo é incerto, uma vez que todas as propostas recebidas no concurso excedem o valor base da obra, sendo que a mais baixa equivale a quase o dobro desse montante.

Durante a reunião de executivo desta segunda-feira, o vereador responsável pela Economia da Câmara do Porto, Ricardo Valente, abordou as dificuldades atuais relacionadas com a contratação pública, citando o exemplo do projeto do Feiródromo de Campanhã.

Segundo Ricardo Valente, a situação é um desafio significativo, como ilustrado pelo projeto para a zona oriental da cidade, em que a proposta mais baixa recebida ultrapassou consideravelmente o valor inicialmente estipulado.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Embora o projeto do Feiródromo tenha sido apresentado em abril de 2023 com planos para inauguração um ano depois, passados os doze meses, ainda não foi iniciada a construção.

A Câmara do Porto indicou, em fevereiro, que o atraso se deveu ao pedido de revisão do projeto pelo Tribunal de Contas.

As declarações de Ricardo Valente reforçam ainda mais a gravidade do atraso, destacando os desafios que o município enfrenta na contratação pública, especialmente em relação a obras.

Fotografia: DR Porto Ponto

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz