PUB
Recheio 2024 Profissional

Projeto Fruta Feia quer chegar ao Porto

Projeto Fruta Feia quer chegar ao Porto
A Cooperativa Fruta Feia dedica-se a aproveitar a fruta e vegetais que os supermercados desperdiçam, por considerarem que não têm o aspeto perfeito que os consumidores procuram.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Depois de consolidado o projeto em Lisboa, a Fruta Feia procura agora instalar dois pontos de entrega no Porto.
Isabel Soares, uma das mentoras da Cooperativa Fruta Feia, explicou à agência Lusa que nos últimos dois anos evitou que 200 toneladas de fruta e legumes fossem parar ao lixo só na região de Lisboa.
“Evitámos quatro toneladas de desperdício por semana e, para a próxima, vamos chegar às 200 toneladas de desperdício evitado desde a data do arranque – em novembro de 2013 – são números muito altos, que não esperávamos”, confessou.
A cooperativa Fruta Feia resulta de uma ideia de quatro amigos para aproveitar cerca de um terço da fruta e vegetais que os supermercados desperdiçam, por considerarem que não têm o aspeto perfeito que os consumidores procuram.
A responsável pretende abrir dois pontos de entrega no Porto, em maio do próximo ano, de forma a dar resposta aos agricultores da região norte que contactaram o projeto quando este teve início em Lisboa, pedindo ajuda pois não conseguem escoar os seus produtos devido à sua aparência.
O projeto tem como lema “Gente bonita come fruta feia” e pretende associar “bons ideais às pessoas que estão dispostas a comer” esta fruta não normalizada, para evitar o desperdício alimentar.
Segundo os últimos dados da Organização para Alimentação e Agricultura da ONU, 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem