PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Projeto da U.Porto leva Nutriciência à casa dos portugueses

Projeto da U.Porto leva Nutriciência à casa dos portugueses

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Um conhecido Chef português, uma nutricionista e 30 receitas sugeridas pelas famílias com crianças inscritas em Misericórdias de norte a sul do país são os ingredientes principais do programa de culinária “Nutriciência”, desenvolvido pela Universidade do Porto, que vai estrear este sábado, dia 4 de março, na RTP1.

Todos os sábados ao meio-dia, em 5 minutos, o Chef Hélio Loureiro e a nutricionista da Faculdade de Ciências da Alimentação e Nutrição da Universidade do Porto (FCNAUP) Patrícia Padrão vão mostrar uma receita selecionada pela sua criatividade e qualidade a nível nutricional. São ao todo 25 pratos principais e 5 sopas.
Numa altura em que há um aumento do número de programas dedicados à culinária na televisão portuguesa, o programa “Nutriciência” pretende aproveitar o interesse dos telespectadores por esta área. “É uma abordagem que as pessoas gostam e é uma forma mais leve e lúdica de fazer chegar ao público os conceitos de nutrição e de alimentação saudável”, explica Patrícia Padrão.
Cada episódio, para além da receita, vai dar a conhecer uma curiosidade nutricional sobre um ingrediente ou característica em particular. “As receitas são tradicionais e utilizam alimentos tipicamente portugueses, do nosso dia a dia”, descreve a docente da FCNAUP. O programa mostra “como preparar várias receitas regionais típicas, aumentando os hortícolas e diminuindo o sal, nem por isso comprometendo o seu sabor”.
O programa “Nutriciência” recebe o nome do projeto que o criou. O “Nutriciência: Jogar, Cozinhar e Aprender” tem como objetivo “informar sobre a importância de aumentar o consumo de hortofrutícolas, de reduzir a ingestão de sal e também de açúcar, sensibilizando as crianças entre os 3 e os 5 anos de idade e as suas famílias para esta temática”.
Para isso, o projeto da Universidade do Porto criou uma plataforma online na qual cerca de 1500 famílias pertencentes a Misericórdias de norte a sul do país se registaram e responderam a vários desafios. Um deles foi pensar em receitas. Os participantes tiveram ainda de as cozinhar em família, empratar e fotografar. O último passo foi submeter as receitas na plataforma para serem avaliadas pela equipa de nutrição do projeto que recebeu ao todo mais de 700 propostas.  
José Azevedo, coordenador do projeto e professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, não podia estar mais satisfeito com os resultados. “Fomos surpreendidos pelo volume de participação e de criatividade e recebemos contributos muito originais. O balanço é muito positivo”.
Da plataforma do Nutriciência para a televisão, as receitas ganharam vida pelas mãos de Hélio Loureiro. Foi com o gosto da “realização de um sonho antigo” que o Chef aceitou participar no programa. “A culinária e a nutrição devem andar sempre de mãos dadas. É muito importante estar ao lado  de um Chef de cozinha alguém que sabe falar sobre nutrição”, destaca, acrescentando que aprendeu imenso com o projeto e que, à custa disso, até já mudou os seus hábitos alimentares.
O projeto Nutriciência é desenvolvido por uma equipa multidisciplinar da Universidade do Porto que inclui a Faculdade de Letras, a Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação e a Faculdade de Engenharia, em parceria com a União das Misericórdias Portuguesas, a RTP e a Universidade de Oslo.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile