PUB
Recheio 2024 Institucional

Prisão preventiva para suspeitos da contrafação de cartões

Prisão preventiva para suspeitos da contrafação de cartões
Os dois homens alegadamente envolvidos na contrafação de cartões de crédito e seu uso para compras em zonas comerciais do Grande Porto e de Braga ficaram em prisão preventiva.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Os detidos são um homem de 47 anos de idade e outro de 30, sem ocupação laboral, um de nacionalidade portuguesa e o outro estrangeiro, “este último já com antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime”, refere o comunicado da Diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ).
Segundo a PJ, os cartões contrafeitos “eram utilizados de forma regular em zonas comerciais” e os suspeitos serviam-se deste expediente para aquisição de diversos tipos de bens, nomeadamente computadores, telemóveis, vestuário e tabaco.
A PJ não adianta o valor global das burlas, mas sublinha que “com esta atividade delituosa lesaram diferentes comerciantes e particulares, colocando também em causa a segurança do sistema bancário”.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem