PUB
CMPorto

Primeiro-ministro relembra que a crise não acabou

Primeiro-ministro relembra que a crise não acabou

“Os resultados que tivemos até hoje são muito importantes e são, desse ponto de vista, encorajadores, mas a ideia de que está tudo feito e de que a crise acabou, de que não precisamos de ter disciplina orçamental e de que não precisamos de ter cuidado com as reformas que estamos a empreender seria uma ideia perigosa que eu quero aqui afastar”, realçou, em declarações aos jornalistas, depois de ser questionado sobre um eventual alívio da austeridade. De acordo com o primeiro-ministro, nos próximos meses, o país será testado pelos mercados, pelo que considera fundamental manter o “rumo” seguido nos últimos tempos.
A emissão “bem sucedida” da dívida pública a cinco anos realizada na passada quarta-feira representa, segundo Pedro Passos Coelho, “um primeiro marco de reconhecimento externo, formal” do percurso que tem vindo a ser efetuado por Portugal. Ainda assim, notou, a pequena vitória foi apenas “o início de um processo que ainda será demorado”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem