CMPorto

Presidente da Académica condenado a seis anos e meio de prisão

Presidente da Académica condenado a seis anos e meio de prisão

A Relação agrava a pena inicial, que era de quatro anos e sete meses, com pena suspensa, após recurso do Ministério Público.
O acórdão de março deu como provado que José Eduardo Simões, enquanto diretor de urbanismo da câmara municipal e dirigente desportivo, favoreceu promotores imobiliários a troco de donativos para a Associação Académica de Coimbra/Organismo Autónomo de Futebol (AAC/OAF), que, por isso, teria de pagar 200 mil euros ao Estado.
PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.