PUB
CIN Woodtec

Preparação para o FEST 2016

Preparação para o FEST 2016
U.Porto incentiva Festival para Novos Realizadores com arranque antecipado
A Universidade do Porto (U.Porto) apoia, pelo segundo ano consecutivo, o início do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema, que acontece entre os dias 20 e 27 de junho, em Espinho.

Assim, a U. Porto começa já esta sexta-feira com a exibição de sessões de cinema gratuitas, no Auditório Ruy Luís Gomes, no edifício da Reitoria. Esta pequena introdução ao festival, que pretende apoiar os novos realizadores e as novas produções nacionais e internacionais, prolonga-se até ao dia 18 de junho.

Entre esta sexta-feira e o mês de junho serão quatro as sessões cinematográficas, todas com temáticas diferentes. Ao longo das sessões, serão também apresentadas várias curtas-metragens que estão também ligadas a um tema quotidiano, são eles o amor, o crime, o humor negro e a família.  

fest3A introdução ao FEST começa esta sexta-feira, pelas 18 horas, com a masterclass “Entrada Feroz no Mundo do Cinema”, onde será abordada a questão da entrada no mundo do cinema. Para marcar o início da exibição de filmes, estreiam às 22h30 na Reitoria, e sob o tema “O amor já não é o que era”, as curtas “He took his skin off for me”, de Ben Aston, “Fragments“, de Aga Woszczynska, “In the fishbowl”, de Tudor Cristian Jurgiu e “He took the bottle but left the girl”, de Reinis Kalvins.

A iniciativa volta no dia 19 de maio, desta vez com o tema é “Crime, castigo e fuga”, trazendo ao Edifício Histórico da Reitoria “Mother“, de Lukasz Ostalski (Polónia,  2013), e  “I’d rather be a murdered“, de Jakob Schmidt (Alemanha,  2011).

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“Uma questão de família” é o tema que irá embalar a sessão do dia 17 de junho, onde o público poderá assistir às curtas “Name of the fathers” (2014), do belga Timothy Josha Wennekes, “Everything will be Ok” (Alemanha e Áustria,  2015), de Patrick Vollrath, e “Home”, da realizadora polaca Agnieszka Borova, lançada no ano passado.

festNo dia seguinte, 18 de junho, e para terminar este primeiro arranque para o FEST 2016, a iniciativa na Reitoria da U.Porto pretende mostrar que “Rir é coisa séria” e, desta forma, a obra norte-americana “Fool’s Day“, de Cody Blue Snidere, e “Flora and Fauna“, do polaco Piotr Litwin, serão as últimas a passarem na tela.
Todas as sessões terão início às 22h30 e entrada grátis.

A 12ª edição do FEST acontece de 20 a 27 de junho, em Espinho, e contará com cerca de 180 sessões de cinema, 25 masterclasses e workshops, sessões de pitching e oportunidades de networking, junto de algumas figuras relevantes do cinema mundial.
O festival quer assim dar a oportunidade a jovens e promissores cineastas de promover o seu trabalho e partilhar ideias.
O FEST 2016 vai dividir-se em várias categorias – competitivas e não competitivas – com duas categorias principais: curtas-metragens, por realizadores até aos 30 anos (Competição Lince de Prata) e longas-metragens de realizadores na sua primeira ou segunda produção, independentemente da sua idade (Competição Lince de Ouro).

Texto: Raquel Andrade Bastos

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
PD- Literarura Infantil