PUB
Recheio 2024 Institucional

Prémio Albino Aroso destina 50 mil euros à investigação e inovação

Prémio Albino Aroso destina 50 mil euros à investigação e inovação

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O período de candidatura ao prémio decorrerá entre os dias 1 de abril e 30 de junho de 2015.

A Santa Casa de Misericórdia do Porto (SCMP) apresentou esta quinta-feira o Prémio Albino Aroso, que distinguirá projetos de investigação e inovação, estando destinada uma verba de 50 mil euros à primeira edição do galardão. O novo prémio incidirá sobre medicina física, reabilitação, cirurgia plástica ou medicina regenerativa, áreas de ação da SCMP.
Segundo esclarece o regulamento, esses projetos “deverão apresentar resultados concretos demonstradores do seu potencial, no curto/médio prazo, em termos da inovação baseada em conhecimento para que possam vir a ser utilizados como exemplo e estímulo, tanto para as unidades de saúde, como para as Universidades e Centros de Investigação portugueses”. A liderar a equipa júri do galardão estará o médico e investigador Sobrinho Simões, segundo o qual os critérios avaliados serão o “impacto potencial da investigação na competitividade da unidade de saúde existente ou a desenvolver”, a “credibilidade da instituição ou investigador” e a “excelência científica e caráter inovador da tecnologia”.
“A SCMP deve a Albino Aroso [considerado o responsável pela melhoria e desenvolvimento da área de planeamento familiar] esta homenagem (…). Gostaríamos de abranger muitos jovens do Porto ou que estudam no Porto, que muitas vezes não têm meios para iniciar a sua investigação”, realçou o provedor da SCMP, António Tavares, justificando a verba de 50 mil euros atribuída à iniciativa. De frisar que o período de candidatura ao prémio, que será anual, decorre entre 1 de abril e 30 de junho de 2015.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile