CIN - Branco Perfeito

Preço dos alimentos sobe pelo terceiro mês consecutivo

Preço dos alimentos sobe pelo terceiro mês consecutivo

O preço dos óleos alimentares foi o que mais subiu, seguido pelos preços dos vegetais e cereais. Já os preços dos produtos lácteos desceram 12% para níveis de agosto de 2010.

A tendência deve continuar e os custos dos alimentos devem manter-se perto dos níveis atuais nos próximos meses, com o aumento da procura a compensar a maior disponibilidade de grãos, segundo Abdolreza Abbassian, economista sénior da FAO.
“Esperamos que os preços se mantenham até à segunda metade do ano”, adiantou o perito à Bloomberg. “2012 vai trazer mais oferta ao mercado. No conjunto, antevemos que os preços de 2012 se situem abaixo da média de 2011”, acrescentou.
Os preços dos alimentos atingiram um máximo recorde em fevereiro de 2011, de acordo com o índica da FAO, que chegou aos 237,9 pontos nessa altura.
PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem