PUB
Recheio 2024 Profissional

Portugueses reciclaram mais em 2021

Portugueses reciclaram mais em 2021

No ano passado, a recolha seletiva de embalagens registou um aumento de 6,4% em comparação com o período homólogo de 2020.

No total, de acordo com a Sociedade Ponto Verde foram encaminhadas mais de 435 mil toneladas para reciclagem, sendo que, dos materiais colocados em ecopontos, o que mais se destacou foi o plástico.

Este teve um “volume de embalagens recicladas que aumentou 14% só no ano passado”, refere, em comunicado.

reciclagem_escolas

Adicionalmente, o ano de 2021 verificou também um desempenho da reciclagem de vidro, material que cresceu 5%, uma tendência que se tem vindo a verificar, de forma consecutiva, nos últimos dois anos. De acordo com a entidade, este resultado é ainda mais significativo por ter coincidido com a aplicação das medidas de combate à pandemia que levou, em diversos momentos, ao encerramento temporário dos estabelecimentos comerciais do canal Horeca, um setor com muito peso para os resultados de reciclagem de embalagens de vidro.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O desempenho deste material reflete o esforço conjunto da sua cadeia de valor (fabricantes, embaladores, distribuição, horeca), que tem vindo a trabalhar afincadamente numa estratégia conjunta para melhorar resultados e alcançar as metas nacionais”, lê-se, na nota divulgada.

reciclagem3

Para Ana Trigo Morais, os resultados globais de 2021 revelam “um bom desempenho do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE) e o esforço contínuo da Sociedade Ponto Verde na gestão do fluxo de embalagens”.

“Estamos todos comprometidos com o cumprimento das metas da reciclagem em Portugal e nós, em particular, na SPV temos vindo a trabalhar de forma muito próxima com todos os agentes da cadeia de valor das embalagens para fomentar a inovação, mas também com os consumidores para incentivar a comportamentos cada vez mais sustentáveis e que sejam ainda mais participativos no processo de reciclagem das embalagens que resultam do seu consumo”, completou a CEO da Sociedade Ponto Verde.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz