RECHEIO 50 ANOS

Portugal prepara intervenção militar na Guiné-Bissau

Portugal prepara intervenção militar na Guiné-Bissau

A Lusa tentou, sem sucesso, entrar em contacto com o gabinete do ministro da Defesa Nacional e o porta-voz do EMGFA.
De recordar que, ontem à noite, um grupo de militares guineenses atacou a residência do primeiro-ministro e candidato presidencial, Carlos Gomes Júnior, e ocupou vários pontos estratégicos da capital da Guiné-Bissau. Um grupo auto-denominado Comando Militar reivindicou a ação, em comunicado, afirmando defender as Forças Armadas de uma alegada agressão de militares angolanos, que teria sido autorizada pelos chefes do Estado interino e do Governo.
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef