Sogrape

Portugal já entrou na nova fase de desconfinamento

Portugal já entrou na nova fase de desconfinamento

Portugal entrou, no primeiro dia de agosto, na primeira de três novas fases anunciadas pelo Governo para conduzir a gestão da pandemia, que envolvem novas regras no comércio, restauração e espetáculos culturais.

Na sessão de apresentação das novas medidas, realizada a partir do Palácio da Ajuda, em Lisboa, o primeiro-ministro explicou que “deixarão de ser aplicadas medidas diferenciadas em função da situação em cada concelho, passando as medidas a ter dimensão nacional”.

Assim, de uma forma geral, são eliminadas “as limitações horárias às atividades, pelo que o comércio, a restauração e os espetáculos poderão retomar horários até às 2h00”.

Adicionalmente, o Governo determinou também a “utilização intensiva do certificado digital ou, em sua substituição, de testes negativos”, exigidos em “viagens aéreas ou marítimas, acesso a estabelecimentos de turismo ou alojamento local, ao interior dos restaurantes ou a estes nos fins-de-semana e dias feriados, a aulas em grupo em ginásios, à frequência de termas ou spa, casinos ou bingos, e à de eventos culturais, desportivos ou empresariais com mais de mil pessoas, em ambiente aberto, ou de 500 pessoas, em ambiente fechado, e ainda a casamentos, batizados e outras festividades com mais de 10 pessoas”.

Ainda nesta primeira fase, termina a proibição de circulação na via pública a partir das 23h00 e o regime de teletrabalho, sempre que as funções o permitem, passa de obrigatório a recomendado.

Os eventos desportivos passam a poder contar com a presença do público, de acordo com as regras determinadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS), os espetáculos culturais têm limitação de 66% da lotação e casamentos e batizados de 50%.

Os equipamentos de diversão estão também autorizados a retomar a atividade, de acordo com as regras da DGS e em locais autorizados pelos municípios.

A segunda e a terceira fases do plano, anunciado no final de julho pelo Governo, estão previstas, respetivamente, para setembro e outubro, de acordo com a percentagem de vacinados atingida. A segunda fase deve ter um total de 70% de vacinados e a terceira de 85%.

Com a segunda fase, será possível o fim da obrigatoriedade de uso de máscara na via pública, exceto em ajuntamentos, e o aumento da lotação de casamentos, batizados e espetáculos culturais passará para 75%. Além disso, terminará também a lotação nos transportes públicos e a necessidade de marcação prévia nos serviços públicos.

Já em outubro, prevê-se que o país possa proceder à reabertura dos bares e discotecas, com certificado digital ou teste negativo, e que termine a limitação do número de pessoas por grupo nos restaurantes e a limitação de lotação em todos os recintos.

Foto: CM Matosinhos

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem