PUB
PD - Revista Sabe Bem

Portugal e Espanha apostam em rede de cidades inteligentes

Portugal e Espanha apostam em rede de cidades inteligentes
Os dois países vão assinar amanhã, quarta-feira, um protocolo que visa melhorar a competitividade económica, a sustentabilidade ambiental, o desenvolvimento cultural, a inclusão social e os serviços públicos através das novas tecnologias.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Portugal e Espanha decidiram criar uma rede ibérica de cidades inteligentes destinada à resolução de problemas conjuntos e à partilha de informação e de experiências que melhorem as condições de vida dos cidadãos através das TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação). O protocolo que rege o projeto será assinado esta quarta-feira, em Lisboa, por representantes da Rede de Inovação Urbana (RENER) e da Rede Espanhola de Cidades Inteligentes (RECI), segundo avançou o presidente da entidade espanhola, Iñigo de la Serna.
A articulação ibérica pretende melhorar a competitividade económica, a sustentabilidade ambiental, o desenvolvimento cultural, a inclusão social e os serviços públicos através das novas tecnologias. Em comunicado, De la Serna explicou que, com o acordo, a RENER e a RECI partilharão informação, conhecimento, experiência e boas práticas sobre as cidades inteligentes, desenvolverão atividades conjuntas de vigilância tecnológica e colaborarão na definição de indicadores que contribuam para o desenvolvimento das “smart cities”. Além disso, promoverão a colaboração com outras cidades na Europa, América Latina e África.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile