Poupar PD

Portugal com concentrações “muito elevadas de pólen”

Portugal com concentrações “muito elevadas de pólen”

A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) alerta para as concentrações muito elevadas de pólen na atmosfera durante esta semana.

De acordo com as previsões até quinta-feira, 21 de abril, nas regiões do Norte, nos dias de precipitação registar-se-á uma redução dos níveis de pólen no ar.

De acordo com a mesma fonte, o pólen presente no ar atmosférico provem essencialmente das árvores carvalhos e da erva urtiga.

Nas regiões a Sul e nas regiões do interior do país, de acordo com o boletim, estão a aumentar os níveis dos pólenes, no ar, das ervas tanchagem, gramíneas e azeda. Já nas regiões da Estremadura e Algarve, o pólen de oliveira vai atingir “níveis importantes”, assim como o de parietária na região da Estremadura.

Perante a situação, a SPAIC informa que “Passeios no jardim, cortar a relva, campismo ou a prática de desporto na rua, irão aumentar a exposição aos pólenes e o risco para as alergias”. Aconselhando ainda “a consulta de um médico especialista de imunoalergologia para o diagnóstico correto e prescrição da medicação mais adequada e a prevenção poderá passar pela realização de vacinas anti-alérgicas”.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem