PUB
Recheio 2024 Profissional

Câmara do Porto quer atribuir passe de transporte gratuito a refugiados ucranianos

Câmara do Porto quer atribuir passe de transporte gratuito a refugiados ucranianos

A Câmara Municipal do Porto debate na próxima reunião do executivo a proposta de atribuição de um cartão intermodal Andante, para usufruto gratuito da rede de transportes públicos da cidade, a “todos os cidadãos ucranianos que chegarem para viver no Porto, ao abrigo do regime de proteção temporária”.

“Para os cidadãos menores de 13 anos e maiores de 18 será celebrado um contrato de requisição de títulos conforme o disposto no Código dos Contratos Públicos com a TIP – Transportes Intermodais do Porto, ACE, enquanto os jovens ucranianos entre os 13 e os 18 anos serão abrangidos pelo regime Andante Porto.13-18 do Cartão Porto”, adianta a autarquia liderada por Rui Moreira, em comunicado.

Com esta medida, válida por um período de seis meses, o município pretende auxiliar a deslocação dos refugiados ucranianos na cidade e, consequentemente, “criar e estabelecer as condições que lhes permitam, organizar a sua nova vida no Porto, desde a procura de casa, à procura de novo emprego, da reorganização da vida escolar e das várias atividades disponibilizadas aos filhos, ao contacto com as várias entidades e organizações que estão dedicadas à prestação dos apoios a estes refugiados”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A proposta, que será votada na reunião do executivo da próxima segunda-feira, 2 de maio, representa um investimento municipal máximo de 100 mil euros.

Recorde-se que a Câmara Municipal do Porto se mostrou solidária, desde o primeiro momento, com a situação vivida na Ucrânia, tendo, inclusive, promovido a campanha “Somos Todos Ucrânia”, em parceria com as Câmaras Municipais de Vila Nova de Gaia e Matosinhos com o objetivo de encontrar “respostas e medidas de apoio integradas no acolhimento e na disponibilização de ofertas de emprego”.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem