PUB
Recheio 2024 Institucional

Porto, Gaia e Matosinhos: até 2030, esperam-se cerca de 45.000 habitações

Porto, Gaia e Matosinhos: até 2030, esperam-se cerca de 45.000 habitações

Nesta edição do maior evento imobiliário do mundo (MIPIM), os municípios de Porto, Gaia e Matosinhos fizeram-se representar. Fruto dessa participação, sabe-se, agora, que estes deverão angariar cerca de 10 mil milhões de euros em investimento imobiliário, tal como refere o Jornal de Notícias (JN).

Em termos práticos, esse valor investido traduzir-se-á em mais de cerca de 45 mil habitações. A projeção feita indica que as casas, construídas ou reconstruídas, irão estar todas disponíveis até 2030.

A novidade foi dada na quarta-feira, 12 de março, pelo vereador da Câmara do Porto afeto ao urbanismo e habitação, Pedro Baganha, e pelo vereador da Economia, Ricardo Valente. 

De acordo com a mesma fonte de informação, os representantes do município portuense fizeram o anúncio referido durante o MIPIM, que decorre até ao final da semana, na cidade de Cannes (França).

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Partindo das palavras de Ricardo Valente, “temos uma meta para 2030: queremos trazer para o território mais de 10 mil milhões de investimento”, tal como cita o JN. Espera-se que o valor referido seja distribuído por várias áreas dentro do setor imobiliário. Indústria, hotelaria e habitação são alguns desses exemplos.

Sobre o assunto, Pedro Baganha reconhece que a Europa Ocidental, em particular, tem sofrido bastante com a crise habitacional. Para o vereador do urbanismo e habitação, é muito importante captar investimento para, posteriormente, fazer a oferta aumentar.

Ainda que o problema prevaleça, o presidente do Conselho de Administração da Gaiurb, António Castro, destaca o esforço feito pelos três municípios vizinhos. Como o próprio refere, estes foram responsáveis por um aumento de 20% face a 2022, em termos de novas habitações construídas.

Nesta participação nortenha no MIPIM, importa ainda destacar que, tal como a VIVA noticiou esta quarta-feira, 13 de março, o Porto ficou em terceiro lugar, na categoria “Large European Cities”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem