PUB
Philips S9000

Porto e Gaia querem assegurar travessia fluvial durante o verão

Porto e Gaia querem assegurar travessia fluvial durante o verão

Os concelhos do Porto e Vila Nova de Gaia estão a avaliar a atribuição de uma “licença precária a uma embarcação para assegurar o transporte fluvial de passageiros no rio Douro” durante os meses de verão. A travessia fluvial que faz a ligação entre o Cais do Ouro, no Porto, e a Afurada, em Gaia, encontra-se suspensa desde 2020.

“Tivemos uma licença precária no ano passado, admito dar parecer favorável a uma licença precária este ano, no verão, nomeadamente na altura do São Pedro da Afurada [festa popular] ou do Marés Vivas [festival] e o Porto [Câmara] está de acordo, estamos ambos de acordo com isso”, afirmou Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, aos jornalistas, no final da reunião de executivo.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Na opinião do autarca, segundo a informação divulgada pela Lusa, seria preferível ter um “serviço menos exigente, mas viável” do que “muito exigente e que nunca vá funcionar”, uma vez que, reforça, dado o nível de exigência da lista de requisitos, ninguém quer assumir o serviço. “Temos de ser muito exigentes, mas uma exigência adequada. Uma coisa é atravessar o rio Tejo outra é atravessar o rio Douro”, sublinha ainda.

Recorde-se que, em 2022, o transporte fluvial foi retomado provisoriamente “por uma embarcação em regime excecional”, durante as Festas de São Pedro e o Festival Marés Vivas, em julho.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem