PUB
Philips S9000

Porto dos encantos

Porto dos encantos

Há muito que o Porto ostenta o título de uma das cidades mais bonitas do país, um reconhecimento que, muito rapidamente, ganhou forças pelo mundo, com milhares de turistas a visitarem, anualmente, aquela que é a “antiga, mui nobre, sempre leal e Invicta Cidade do Porto”.

Apelidada de “capital do Norte”, a cidade destaca-se pelas suas inúmeras atrações turísticas, que vão desde a arquitetura, à cultura e gastronomia, passando pelo seu comércio tradicional e, claro, os seus (re)cantos mais especiais. O Porto respira essência, garra e simplicidade e detém um calor fervoroso que não deixa ninguém indiferente: as suas gentes.

Quem aqui chega é, imediatamente, recebido com um número interminável de elogios, boa disposição e um roteiro na “ponta da língua” para não perder pitada do melhor que o Porto tem. Regra geral, as propostas começam com o desafio de subir os 225 degraus da Torre dos Clérigos e contemplar uma admirável vista, de 360 graus, sobre a cidade. Mas, saiba que também é possível ter uma panorâmica arrebatadora sobre o Porto, o rio Douro e as suas margens a partir da cúpula do Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota.

Se optar por visitar primeiro este emblemático equipamento portuense, não se vá embora sem, antes, dar um passeio pelos mágicos jardins do Palácio de Cristal, projetados pelo berlinense Emil David (1839-1873). Aqui, poderá admirar a natureza no seu expoente máximo, ouvir o chilrear dos pássaros, respirar “ar puro” e, se quiser, sentar-se e desfrutar da companhia de um bom livro, ouvir música ou simplesmente apreciar os transeuntes.

De seguida, pode aproveitar para caminhar por algumas das ruas mais emblemáticas do Porto, como são exemplos os Aliados, símbolo incontornável da cidade portuense, e palco da festa de tantas festividades. Além disso, deve também deixar-se embeber na história da Rua das Flores, rasgada em 1521, e sentir a azáfama da Rua de Santa Catarina, uma das mais movimentadas do país. E é, precisamente, nesta rua que pode conhecer aquele que é um dos mais deslumbrantes cafés do mundo, o Majestic, conhecido pelas suas longas filas.

Seja verão ou inverno, uma visita à cidade Invicta pede também um passeio pelas ruas do Almada e das Carmelitas, sendo que, nesta última, há uma paragem obrigatória: conhecer a Livraria Lello. O espaço, recorde-se, assinalou, em janeiro, o seu 116.º aniversário e está em vias de ser classificado como monumento de interesse nacional.

O Norte é sinónimo de “comer bem” e, embora no Porto todas iguarias sejam de “comer e chorar por mais”, é impensável estar na cidade e não degustar as suas grandes referências gastronómicas – a francesinha e as tripas à moda do Porto. Há inúmeros espaços onde pode provar esta iguaria, por isso, acredite que opções não lhe faltarão. O difícil vai mesmo ser escolher…

Depois do almoço, aproveite uns minutos para descansar. Pode aproveitar para ir até à mítica Ribeira e admirar a Ponte D. Luiz, tomar um café numa das suas esplanadas e contemplar a serenidade do rio Douro, sendo que tem ainda a possibilidade de se deixar embalar pelas suas águas, a bordo dos barcos turísticos.

Contudo, as propostas para um ou vários dias no Porto não ficam apenas por aqui. A cidade está repleta de atrações, como o Jardim Botânico do Porto, a Estação de São Bento, o Palácio da Bolsa, a Casa de Serralves e a Casa da Música.

A Sé do Porto, a Capela das Almas, a Igreja de São Francisco, do Carmo e dos Carmelitas são outros dos locais que não pode mesmo deixar de visitar, a par do Estádio do Dragão e do Mercado do Bom Sucesso.

E, atenção, não se esqueça que nesta aventura há uma companhia indispensável: a máquina fotográfica. Afinal, cada recanto portuense é um verdadeiro encanto… Partimos à descoberta?

Artigo Patrocinado

PUB
PD- Revista Sabe bem