Sogrape

Porto Digital desenvolve plataforma para melhorar resposta à pandemia

Porto Digital desenvolve plataforma para melhorar resposta à pandemia

O projeto Data4Covid19, desenvolvido pela Associação Porto Digital em colaboração com a Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), vai permitir, através do cruzamento de múltiplas fontes de dados, desenhar, implementar e monitorizar, de forma articulada, medidas de combate à pandemia.

O objetivo do projeto, liderado pela Câmara do Porto através da Porto Digital, é a prevenção e a rápida definição do prognóstico da evolução da doença, garantindo assim “uma resposta mais efetiva à crise sanitária e aos vários desafios causados pela pandemia em áreas críticas”, como “a segurança e proteção civil, mobilidade, gestão de cadeias de abastecimento, gestão de recolha e tratamento de resíduos, apoio social, entre outras”, exemplifica a autarquia.

O Data4Covid19 colhe benefícios das valências de várias empresas e centros de investigação, agregando dados e ferramentas de suporte à decisão, para melhorar a monitorização da saúde.

Através do cruzamento desta informação multissetorial, a plataforma permitirá, por exemplo, a criação de matrizes de risco de elevada resolução, com capacidade de potenciar uma atuação transversal na sociedade.

A análise terá ainda em consideração os dados económico-financeiros, pela relevância individual que têm no contexto atual, em que a pandemia tem afetado “severamente as economias mundiais, pelo que qualquer tomada de decisão deve também considerar este impacto, sobretudo no médio-longo prazo, em áreas como o turismo ou o comércio local”, aponta a Câmara do Porto.

A plataforma receberá dados de fornecedores como a Metro do Porto, a Sociedade de Transportes Coletivos de Porto (STCP), a operadora de telecomunicações NOS, a Transportes Intermodais do Porto e a própria Porto Digital.

Os dados estarão disponíveis para utilização e suporte à tomada de decisão pela ARSN, Câmara do Porto e pela entidade regional Turismo do Porto e Norte de Portugal.

O consórcio deste projeto conta com a participação da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, da NOVA Information Management School, da escola de Data Science da Universidade Nova de Lisboa, e de mais dois parceiros privados, a NOS e a TekPrivacy, uma spin-off da Universidade do Porto, especialista na área de proteção de dados. O projeto tem ainda como parceiro a rede OASC (Open & Agile Smart Cities), uma rede internacional de smart cities.

O projeto Data4Covid19 é apoiado pela Agência Nacional de Inovação, com o apoio da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, Programa Operacional Regional do Norte [Norte 2020] e Programa Operacional Regional de Lisboa [POR Lisboa 2020].

De referir que a Associação Porto Digital é uma associação privada sem fins lucrativos, criada em 2004 pela Câmara Municipal do Porto, pela Universidade do Porto e pela Associação Empresarial de Portugal, em colaboração com a empresa Metro do Porto, com vista à promoção de projetos nas áreas das Tecnologias e Informação e Comunicação (TIC) no contexto da cidade do Porto e da sua área metropolitana.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem