Santander Escolhas

Porto cede espaço a associação que luta pelos direitos das mulheres

Porto cede espaço a associação que luta pelos direitos das mulheres

A Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, a cedência de um um espaço, no Centro Histórico, à UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, reconhecendo, assim, o “papel de relevo no combate à violência doméstica, com especial enfoque no apoio às mulheres vítimas deste crime público, desenvolvendo um trabalho de grande pertinência na cidade”.

A fração a ceder tem uma área total de 45 m² e, afirma a proposta apresentada pelo vereador da Ação Social, Fernando Paulo, surge para prestar apoio a uma associação “que tem um papel ativo, desde 1976, na luta pelos direitos das mulheres, pela igualdade de género e na prevenção da violência de género em Portugal”.

A cedência do espaço, pelo período de dois anos, irá permitir “não só a manutenção do arquivo e organização dos materiais como a possibilidade de, com uma sala de trabalho e de reuniões, desenvolver as atividades do projeto, assim como facilitar a deslocação dos colaboradores, dada a proximidade com os transportes públicos”.

O apoio ultrapassa os dois mil euros e enquadra-se no Código Regulamentar do município do Porto, que determina que, “nos casos em que, pela sua particular relevância, sejam considerados de especial interesse para o município, pode este dispor de recursos em benefício de entidades que prossigam fins de interesse público, através da cedência do gozo de um imóvel por um valor inferior ao seu valor venal, por um período limitado de tempo e mediante uma contrapartida financeira”.

À UMAR caberá o pagamento de uma renda mensal no valor de 50 euros durante a vigência do contrato, indica ainda o município.

PUB
www.youtube.com/watch?v=sGBN85XLjXI/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=natal