PUB
Recheio 2024 Institucional

Porto: aprovado aumento de 3,3% do preço da água em 2016

Porto: aprovado aumento de 3,3% do preço da água em 2016
A Câmara do Porto aprovou hoje, com o voto contra da CDU, o aumento de 3,3% nas “tarifas cobradas aos clientes” em 2016 devido à subida de 8% nos valores faturados pela Águas do Norte à autarquia.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Para o vereador comunista Pedro Carvalho, existe uma “grande possibilidade” do processo de fusão dos sistemas de captação de água em alta “ser revertido” pelo Governo de António Costa, pelo que considera o aumento desnecessário. O presidente da autarquia, Rui Moreira, sublinhou que, se tal acontecer, os valores serão repostos.
“Se se verificar que o fornecimento de água [por parte da Águas do Norte] volta para valores anteriores, com certeza faremos repercutir isso [na fatura da água]. Não podemos é ignorar o aumento de 80% [no valor cobrado pela Águas do Norte] que a [empresa municipal] Águas do Porto pode absorver em 60%”, afirmou Rui Moreira.
De acordo com a proposta aprovada na reunião camarária pública de hoje, a subida de 3,3% reflete “apenas cerca de 40%” do aumento de 8% que, em 2016 e nos anos seguintes”, a Câmara vai suportar com a compra de água à empresa Águas do Norte, criada pelo anterior governo PSD/CDS no âmbito da fusão dos sistemas de captação de água em alta.
O Governo do PS prevê reverter a fusão dos sistemas de captação de água em alta, desde sempre contestado por Rui Moreira, que chegou a alertar para a possibilidade de o processo se traduzir num aumento total de 40% na fatura da água dos portuenses.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem