Sabor do mês PD - carne

Porto alarga apoio municipal a mais modalidades do desporto de formação

Porto alarga apoio municipal a mais modalidades do desporto de formação

A Câmara Municipal do Porto reforçou e alargou o apoio aos atletas dos escalões de formação, com o pagamento integral das inscrições, de 25 modalidades. Pela primeira vez, foram incluídas as artes marciais, numa iniciativa que representa um investimento municipal de 150 mil euros.  

“Vamos realizar o maior investimento da década no Desporto de Formação, com um aumento próximo dos 50% relativamente ao último ano”, indicou Rui Moreira, na cerimónia de assinatura dos 17 contratos de desenvolvimento desportivo referentes à época 2020/2021. 

Em causa, segundo estima a autarquia, está o pagamento da inscrição “de quase seis mil atletas, beneficiando um total de 60 clubes da cidade, mais 20 do que há um ano”. 

No arranque da medida, recorde-se, o município do Porto pagou a inscrição de 4.873 atletas de 37 clubes e 15 modalidades desportivas.                                                                                           

Às modalidades já apoiadas, que incluem, desde dezembro passado, o surf, a Câmara do Porto alarga, agora, o apoio ao karaté, judo e taekondo. “Além de serem modalidades incluídas no programa Olímpico, são também as três artes marciais com maior expressão na cidade, com mais de 500 praticantes só nos escalões de formação”, apontou o presidente. 

No mesmo comunicado, a autarquia sublinha que foi também reforçado o apoio ao desporto adaptado, que passou a abranger, além das modalidades integradas nas associações distritais, aos atletas e clubes cujas modalidades são tuteladas por associações mais específicas e de âmbito nacional, como a Associação Nacional de Desporto para Desenvolvimento Intelectual, a Associação Nacional de Desporto para Pessoas com Deficiência Visual e a Paralisia Cerebral Associação Nacional de Desporto. 

Os acordos assinados com as associações em causa “permitem a promoção da prática desportiva junto de mais 270 jovens atletas”, completa. 

Recorde-se que desde o início do ano, a Câmara Municipal do Porto tem acionado “várias medidas e apoios extraordinários” para permitir que os agentes desportivos conseguissem dar resposta aos constrangimentos causados pela pandemia. Entre as várias iniciativas, destaque para a Linha de Apoio de Emergência às Associações do Porto, a duplicação do Fundo Municipal de Apoio ao Associativismo Portuense e a isenção de pagamento da utilização de todas as infraestruturas desportivas da rede municipal. 

No início de abril, lançou ainda um apoio extraordinário à retoma progressiva da atividade desportiva, através de uma Linha de Incentivo aos Clubes da Cidade do Porto, no montante global de 70 mil euros, para a aquisição de material desportivo e médico. 

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes