PUB
Recheio 2024 Institucional

Ponte suspensa 516 Arouca inaugura a 2 de maio

Ponte suspensa 516 Arouca inaugura a 2 de maio

Considerada a maior ponte pedonal suspensa do mundo, a 516 Arouca poderá ser visitada pelos residentes do concelho, com cartão dos Passadiços do Paiva, a partir de quinta-feira. O público em geral terá de esperar até segunda-feira, dia 3 de maio.

A Ponte 516 Arouca será inaugurada no domingo, 2 de maio, numa cerimónia que contará com a presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Ligando as margens do rio Paiva nas imediações da Cascata das Aguieiras e da Garganta do Paiva, a “maior ponte pedonal suspensa do mundo” tem um vão de cerca de 516 metros e situa-se 175 metros acima do rio, exibindo um tabuleiro em gradil metálico com largura útil de 1,20 metros, sempre com guarda lateral, permitindo “uma nova e entusiasmante forma de olhar para a região do Paiva, para os seus passadiços e toda a beleza natural do Arouca Geopark”.

O novo equipamento turístico do distrito de Aveiro entrará em funcionamento na segunda-feira, dia 3 de maio, data a partir da qual o público em geral poderá apreciar a ponte pedonal suspensa sobre o rio Paiva. Os residentes com cartão dos Passadiços do Paiva válido poderão visitar o equipamento entre quinta-feira e sábado. As reservas devem ser feitas online através do site www.516arouca.pt, onde está compilada toda a informação sobre a estrutura.

Segundo adianta a Lusa, o bilhete de acesso custa entre 10 e 12 euros, consoante a idade. São ainda disponibilizadas três modalidades de pack familiar: 30 euros para grupos com dois adultos e uma criança ou jovem, 40 para dois adultos e dois menores, e 45 para casais com três descendentes – sendo que, pelo quarto filho e seguintes, acrescerá 5 euros por cada um.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De referir que o acesso à ponte está interdito a menores de seis anos. Visitantes com idades compreendidas entre 6 e 17 anos (inclusive) devem ser acompanhados por adultos.

A visita à 516 Arouca é sempre acompanhada por um intérprete/guia. A estrutura poderá ser visitada entre as 9h e as 19h. De maio a setembro, estará aberta das 8h às 20h, em outubro volta a funcionar das 9h às 19h e de novembro a março estará disponível entre as 9h e as 17h.

Todos os ingressos incluem o direito de acesso aos Passadiços do Paiva, num percurso de mais de oito quilómetros ao longo do rio, entre a praia fluvial do Areínho e a ponte de Espiunca.

Segundo adianta a Câmara Municipal de Arouca, a obra foi cofinanciada, em 85%, pelo Programa Operacional Regional do Norte – NORTE 2020 (PROVERE), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo que o investimento final foi de 2,1 milhões de euros.

Foto: CM Arouca

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile