Santander Escolhas

Ponte Luís I encerra e lojas fecham mais cedo na noite de São João

Ponte Luís I encerra e lojas fecham mais cedo na noite de São João

Numa nota publicada na sua página oficial, a Câmara Municipal do Porto anunciou que a Ponte Luís I vai estar interdita “tanto para circulação automóvel como pedonal em ambos os tabuleiros” na noite de 23 de junho e que as lojas de conveniência vão encerrar mais cedo, assim como os serviços de transporte.

As medidas foram tomadas numa reunião, que aconteceu na quarta-feira, com o objetivo de “consolidar os procedimentos a assumir quanto à noite de São João” e que juntou os presidentes da Câmara do Porto e de Vila Nova de Gaia, responsáveis pela PSP, Polícia Municipal e Proteção Civil e ainda elementos da Metro, STCP e CP.

“A Metro do Porto concordou em terminar a sua operação mais cedo do que o normal na noite do dia 23, estando a CP a estudar a supressão de serviço entre as estações de Campanhã e São Bento no período noturno e a STCP a avaliar a supressão das linhas da rede de madrugada para desincentivar os movimentos pendulares”, informou a autarquia portuense, adiantando que determinou “o encerramento efetivo, sem permanência de clientes no seu interior”, de estabelecimentos de restauração e bebidas a partir das 23 horas e de outros estabelecimentos de venda de bebidas para o exterior, nos quais se inclui cafés, pastelarias, lojas de conveniência e outros estabelecimentos comerciais de atividade similar, a partir das 19 horas.

Da reunião, resultou também um acordo para manifestar ao Governo, às autoridades de saúde e à Liga Portugal, a preocupação dos responsáveis acerca da realização do jogo de futebol entre o FC Porto-Boavista, agendado para as 21h15 de terça-feira, dia 23 de junho, que, de acordo com a PSP, “poderá ser um foco de concentração indesejado de adeptos, sugerindo-se o seu adiamento”.

“Não podendo tomar medidas acerca da realização de jogos de futebol ou do funcionamento de determinadas superfícies comerciais, as entidades presentes vão pedir ao Governo que as assuma também, para que a tentação de festejos na noite de São João não venha a comprometer os resultados muito positivos que a Região e as duas cidades em particular têm conseguido na luta contra a covid-19”, lê-se na publicação.

Recorde-se que os dois municípios têm tido resultados muito positivos no combate ao novo coronavírus, estando o Porto há 12 dias sem novos casos de infeção.

PUB
 www.pingodoce.pt/responsabilidade/bairro-feliz/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=votacao&utm_campaign=bairrofeliz