Philips

Politécnico do Porto abre centro de vacinação

Politécnico do Porto abre centro de vacinação

O Politécnico do Porto tem a funcionar um centro de vacinação contra a Covid-19 no PORTIC – Porto Research, Technology & Innovation Centre, prevendo inocular 500 pessoas por dia a partir desta segunda-feira.

O plano de vacinação surge em parceria com o Agrupamento de Centros de Saúde do Grande Porto VI – Porto Oriental, cuja área de influência corresponde às freguesias do Bonfim, Campanhã e Paranhos, indica o comunicado do Politécnico do Porto.

Nesta primeira fase serão vacinados utentes com mais de 80 anos e restante utentes integrados no primeiro grupo prioritário. Prevê-se que, depois de abril, se seguirão os restantes grupos prioritários.

O centro instalado no PORTIC funcionará entre as 8h e as 20h30, podendo, em caso de necessidade, estender a atividade até às 21h.

O espaço possui 10 pontos de vacinação “e está adequado às especificidades das 3 vacinas disponíveis neste momento em Portugal: Pfizer, Moderna e AstraZeneca”. A equipa é constituída por 15 profissionais de saúde – 8 enfermeiros, 4 auxiliares e um médico -, “com treino e formação para vacinar e atuar em caso de reações anafiláticas e equipamento de emergência para tratar estas situações”.

O centro possui uma área de receção, com um posto de atendimento e acesso ao sistema informático da saúde, permitindo validar os dados das pessoas a vacinar, e uma área de espera pré-vacinação que permite a permanência com a respetiva distância de segurança e onde deve ser assegurado o preenchimento do questionário de vacinação.

“A luta contra a pandemia é um desafio que devemos enfrentar todos em conjunto, sendo de crucial importância apoiar os profissionais de saúde no agilizar do processo de vacinação”, salinta João Rocha, presidente do Politécnico do Porto.

“Durante o último ano, temos vindo a enfrentar alguns dos maiores desafios das nossas vidas. No Politécnico do Porto, docentes, investigadores, estudantes e restantes membros da comunidade têm-se mobilizado desde cedo para o combate à pandemia da Covid- 19, respondendo com solidariedade e conhecimento às necessidades do país e da comunidade. Este é um dos nossos grandes compromissos”, conclui o responsável.

O Politécnico do Porto recorda que a colaboração com a Administração Regional de Saúde do Norte no combate à Covid-19 não é de agora: “Durante o ano de 2020, o Laboratório de Biotecnologia Médica e Industrial do PORTIC foi integrado na Rede Nacional de Diagnóstico da covid-19, tendo realizando mais de 18 mil testes”.

PUB
www.pingodoce.pt/folhetos/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobompouparassim&utm_campaign=institucional