PUB
Recheio 2024 Institucional

Poesia Livre

Poesia Livre
Poesia à solta pelas ruas de Santo Tirso

São nove dias em que a poesia vai, literalmente, andar pelas ruas de Santo Tirso, a contagiar os cidadãos com ideais revolucionárias de outros tempos. O município tirsense deu as boas-vindas, esta sexta-feira (21 de março), Dia Mundial da Poesia, a um evento poético que integra 40 iniciativas dedicadas ao 25 de abril. Até 29 deste mês, a “Poesia Livre” contará com animações de rua, exposições, saraus poéticos, teatro, dramatizações, um tributo a Zeca Afonso e ainda os concertos de Sérgio Godinho e Francisco Fanhais. O evento vai percorrer vários espaços da cidade, com pequenos espetáculos de declamação, promovidos não só pela autarquia, mas também por diversas instituições do concelho.

“Antes e depois da Revolução dos Cravos, muitos poetas portugueses escreveram sobre os ideais de liberdade e solidariedade, contra a ditadura. Foi neste contexto que nasceu a ideia de Santo Tirso criar a ‘Poesia Livre’. Uma iniciativa que tem em vista prestar uma homenagem a esses poetas”, esclareceu o presidente da autarquia, Joaquim Couto, acrescentando que o programa da atividade envolve cerca de 25 instituições como escolas e associações culturais e recreativas, “estimulando a sua participação e criatividade na área das letras”.

poesia2Avivar os ideais de abril

As propostas são para todos os gostos. No sábado, pelas 14h30, a Biblioteca de S. Miguel do Couto convida o público para um “Café com poesia e música”. Mais tarde, às 21h00, o auditório do Centro Cultural de Vila das Aves será palco de um concerto pelo “Trio In Tempore”, estando ainda prevista a leitura de alguns poemas de abril. À mesma hora, a junta de freguesia de Vilarinho receberá o espetáculo “Avivar abril”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Para além dos cafés com poesia e música, das “soirées” poéticas e das sessões de poesia organizadas um pouco por todas as freguesias, outro destaque da programação vai para o concerto de Francisco Fanhais, o conhecido intérprete da música portuguesa de intervenção, agendado para domingo, 23 de março, pelas 17h30, no átrio do edifício da autarquia. Antes disso, às 15h00, o Salão Paroquial de Areias vai acolher o sarau musical “Canções de Abril”, com o músico José Morais.

poesia3Na segunda-feira, a declamação de poesia volta à rua. Desta vez, numa iniciativa promovida pelo Colégio de Santa Teresa de Jesus, os alunos vão até à Praça 25 de Abril, em frente aos Paços do Concelho, pelas 14h30, para dramatizar “Sophia da Liberdade”. Em simultâneo, a sede da Associação dos Amigos do Sanguinhedo vai receber a iniciativa “Sentir Abril”, com o músico José Mendonça. No dia seguinte, terça-feira, haverá o lançamento de balões, no âmbito da ação “Dar Liberdade às palavras”.

Outro dos destaques da programação está agendado para o dia 26 de março, com os alunos da Escola Básica da Ponte a celebrarem os ideais da revolução. A atividade “Próxima paragem: Poesia Livre” consistirá numa viagem de comboio entre Vila das Aves e o Porto, onde os alunos irão surpreender os passageiros, com declamações de alguns versos.

As comemorações da “Poesia Livre” terminam a 29 de março, com outro momento alto: o concerto de Sérgio Godinho (21h30, no átrio da câmara), que promete reviver abril através da sua arte: a música.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem