PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Pizarro é reeleito para a concelhia e diz que Federação do PS Porto foi a derrotada

Pizarro é reeleito para a concelhia e diz que Federação do PS Porto foi a derrotada

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O vereador da Câmara do Porto conquistou 859 votos (60%), derrotando José Luís Catarino, que obteve 575 votos dos militantes socialistas.

Manuel Pizarro foi reeleito líder da concelhia do PS Porto, denunciando “truques de baixa política” contra a sua candidatura e atribuindo a derrotada à Federação do PS Porto.
O vereador da autarquia portuense conquistou 859 votos (60%), derrotando José Luís Catarino, que obteve 575 votos dos militantes socialistas. Num discurso bastante crítico em relação à Federação do PS/Porto e aos seus dirigentes, Pizarro afirmou que se passaram “coisas nas eleições que são inaceitáveis e que ofendem os princípios de funcionamento de um grande partido democrático como é o PS”. “Eu compreendo que a federação não esteja satisfeita com a condução política do PS na cidade do Porto mas não posso aceitar os truques de baixa política com que nos quiseram derrotar”, lamentou. Por isso, o vereador referiu mesmo que “talvez seja caso para dizer que quem hoje foi derrotada foi a Federação do PS Porto”, recordando que a lista que perdeu tinha 6 membros do secretariado da federação e 2 da comissão federativa de jurisdição.
Manuel Pizarro defendeu, assim, que a sua vitória, “com uma margem clara, permite clarificar que a esmagadora maioria dos militantes socialistas do Porto apoiam a condução política da concelhia e apoiam o acordo que foi feito de governação para a cidade do Porto”. “Vamos esperar que, desta vez, a federação e os seus dirigentes tenham compreendido, definitivamente, que no Porto mandam os do Porto. Se for necessário vamos demonstrá-lo outras vezes, sempre que nos desafiarem para isso”, alertou.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem