Philips

Pingo Doce ganha prémio internacional de sustentabilidade

Pingo Doce ganha prémio internacional de sustentabilidade

O Pingo Doce acaba de conquistar um prémio de três estrelas no âmbito da iniciativa “Lean & Green”, a plataforma europeia para a redução de emissões de CO2.

Trata-se do maior prémio atribuído pela entidade em Portugal e galardoa a empresa do grupo Jerónimo Martins pela redução de mais de 40% das suas emissões de dióxido de carbono, nas atividades logísticas.

“Esta distinção representa o reconhecimento de que o Pingo Doce está, e vai continuar, no caminho certo”, considera José Luís Teixeira, diretor de logística e supply chain do Pingo Doce, explicando que o projeto de descarbonização de logística da empresa surgiu, há mais de uma década, da vontade de contribuir para o combate ao fenómeno das alterações climáticas. “Este, é um compromisso assumido pelo Pingo Doce em prol da proteção do planeta, assegurando as necessidades das gerações futuras”, apontou.

O prémio em causa reconhece um plano de ações que inclui medidas já concretizadas e futuras, para continuar a reduzir as emissões de gases com efeito de estufa decorrentes da logística do Pingo Doce.

Entre as medidas já implementadas, destaca-se a operação de transportes circular, significa isto que os “veículos efetuam as suas viagens de retorno aos armazéns com produtos recolhidos nas fábricas dos fornecedores – backhauling –, e as viaturas dos fornecedores efetuam, quando possível, as viagens de regresso às fábricas com mercadoria que entregam nas lojas – fronthauling”.

Entre 2010 e 2020, o backhauling evitou a emissão de cerca de 67.000 toneladas de CO2, o “equivalente a uma poupança superior a 73 milhões de quilómetros e à recolha de cerca de três milhões de paletes”, destaca o Pingo Doce, referindo que o fronthauling, mais recente, evitou a emissão de 197 toneladas de CO2.

Adicionalmente, a empresa adotou ainda tecnologias que recorrem a energia renovável e de soluções com menor impacte ambiental, abrangendo as infraestruturas logísticas e o transporte de mercadorias entre armazéns e lojas, como uma medida decisiva para a redução das emissões de gases com efeito de estufa na logística.

De referir que ao efetuar a adesão à plataforma “Lean & Green, o Pingo Doce assumiu o compromisso de reduzir em pelo menos 20% as suas emissões de carbono no prazo de cinco anos, nas operações logísticas, compromisso que ultrapassou largamente.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes