PUB
Recheio 2024 Institucional

Parque Urbano de Rio Tinto integra cinco propostas dos munícipes

Parque Urbano de Rio Tinto integra cinco propostas dos munícipes
A Câmara de Gondomar vai integrar propostas apresentadas pelos munícipes no projeto do Parque Urbano de Rio Tinto, uma empreitada de 2,6 milhões de euros, cujo concurso público será lançado este verão.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O Parque Urbano de Rio Tinto representa um investimento de 2,6 milhões de euros, suportados na íntegra pelo Câmara de Gondomar, para a criação de um parque verde, em pleno centro de Rio Tinto, uma obra com uma área de 36.500 metros quadrados.
A autarquia recebeu sete contributos para o projeto de Rio Tinto, tendo decidido integrar cinco e estando a estudar uma sexta sugestão.
As propostas acolhidas pela autarquia incluem a integração, numa das entradas pedonais do parque, da velha Fonte do Mosteiro, bem como a colocação de uma placa de bronze com a gravação da lenda de Rio Tinto.
Também será colocada uma escultura ou gravação em granito da imagem representativa da lavadeira de Rio Tinto, recuperado o moinho da Vitória e feita uma ligação pedonal da Rua do Mosteiro à avenida do Rio Tinto.
A sexta sugestão em análise é o prolongamento do parque com um viaduto até à rotunda na confluência da rua de Rebordãos com a rua da Varziela, por baixo da linha férrea, prevendo-se uma ligação à Quinta das Freiras. Segundo a autarquia, esta ideia está prevista no Plano Diretor Municipal.
O concurso público para a construção do Parque Urbano de Rio Tinto será lançado até ao final deste verão, para que as obras tenham início no início de 2017.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz