PUB
Recheio 2024 Profissional

Parque Oficinal de Guifões repara 3 carruagens da CP – Comboios de Portugal

Parque Oficinal de Guifões repara 3 carruagens da CP – Comboios de Portugal

Três das 50 carruagens ARCO, adquiridas pela empresa CP – Comboios de Portugal há um ano, compradas a Espanha, foram já reparadas no Parque Oficinal de Guifões.

O investimento da CP, rondou os 1.5 milhões de euros, sendo que neste momento, três das carruagens compradas à RENFE, uma entidade pública empresarial que explora a rede ferroviária espanhola, já estão reparadas e aptas a circular a 200 km/ por hora.

Prevê-se que no final do mês de setembro, poderão receber passageiros, no entanto até esta data, estarão sujeitos a diversos testes a fim de obter a certificação pela Agência Ferroviária Europeia.

A CP espera, até ao final do ano, ter mais nove composições ARCO a circular. A primeira a beneficiar será a Linha do Minho (Valença-Porto e Valença- Figueira da Foz). Seguem-se as linhas da Beira Alta e da Beira Baixa e, mais tarde, a Linha do Norte.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Há um ano e meio que foi retomada a atividade de reparação de composições no Parque Oficinal de Guifões e contam já com 67 veículos para várias áreas de circulação, segundo o presidente do Conselho de Administração da CP Nuno Freitas.

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, revelou que irão ser compradas mais 117 automotoras elétricas para a CP, no valor de 819 milhões de euros, com o objetivo de “substituir material circulante obsoleto”. Deverão chegar entre 2026 e 2029 e considera que “o que estamos a fazer é uma revolução na ferrovia”.

Já para o Primeiro-ministro, António Costa, o “desafio de transição climática tem também de ser uma enorme oportunidade para a transformação da base económica do nosso país”, acrescentando que “há novas atividades que podem ser criadas e há atividades que podem ganhar nova força e nova dinâmica.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz