PUB
CIN - Branco Perfeito

Ovar recebe Festival Literário com mais de três de dezenas de autores nacionais

A segunda edição do Festival Literário de Ovar decorre no Jardim do Cáster, entre esta quarta-feira e domingo, e vai contar com a presença de 31 escritores portugueses em debates e apresentações de livros, além de ilustradores e artistas em ‘workshops’ e espetáculos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Dulce Maria Cardoso, João Pedro Mésseder, Gonçalo Cadilhe, João Paulo Cotrim, Maria João Lopo de Carvalho e Possidónio Cachapa são alguns dos autores convidados para o evento, a que se juntam ainda escritores como João Pedro Marques, Sandro William Junqueira e António Tavares, entre muitos outros.
Para o coordenador do evento organizado pela autarquia local, Carlos Nuno Granja, “o Festival literário de Ovar é talvez o único que decorre totalmente ao ar livre, onde se cria uma simbiose ente todos os intervenientes”.
“As diversas mesas de conversa, sessões de autógrafos, apresentações de livros, oficinas de ilustração, a livraria permanente e os concertos com poesia são predicados bastante motivadores para que os leitores procurem o Jardim do Cáster”, disse o responsável.
“A viagem: levar o corpo e lavar a mente”, “O romance como um guião que se vai estruturando para surpreender o próprio autor”, “Os novos desafios da edição e a era digital”, “A literatura para a infância: primeiro impulso para a literacia”, “A poesia: misto de realidade e fantasia” e “Como se defende o autor dos lados obscuros da trama” são alguns dos temas que vão a debate durante o festival.
O festival vai ainda ser o palco para algumas apresentações de livros como “Poemas da Saúde e da Doença – de Fernando Pessoa aos nossos dias”, assinado por José Fanha e Pedro Quintas, “Uma Terra Prometida”, que reúne contos de vários autores sobre refugiados, e “De Umas Coisas Nascem Outras”, por João Pedro Mésseder e Rachel Caiano.
Já ao nível dos espetáculos, por sua vez, o festival propõe o recital de poesia “Entre nós e as palavras”, pelo ator Pedro Lamares, e anuncia ainda dois concertos: “Rosa do Mundo”, pela Lisbon Poetry Orquestra, e “No princípio era o verbo”, com Carlos Barretto, António de Castro Caeiro, José Anjos e André Gago.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce