PUB
Santander Saúde

Os centros históricos mais bonitos a cerca de uma hora do Porto

Os centros históricos mais bonitos a cerca de uma hora do Porto

O Dia Nacional dos Centros Históricos assinalou-se esta terça-feira e a VIVA não poderia deixar passar a oportunidade de lhe falar sobre os mais bonitos, bem perto do Porto. Se gosta fazer um turismo mais cultural e histórico a próxima lista é para si.

Com os dias mais longos e quentes aumenta a vontade de explorar e passear. Em Portugal há muito para visitar, desde praias, montanhas, a cidades pitorescas e o melhor é que muitos dos destinos mais bonitos ficam apenas a cerca de uma hora da cidade Invicta.

Aproveite para decidir onde será a sua próxima escapadinha, podendo optar por um bonito centro histórico no Minho, ou outro ao pé da praia.

Amarante

Situado entre Guimarães e Peso da Régua, o concelho de Amarante é conhecido pela sua gastronomia, história e natureza. Trata-se de uma cidade pequena, localizada às margens do Rio Tâmega, onde os principais pontos turísticos se concentram todos no centro histórico.

Foto: Rota do Românico

Desta forma, é mais fácil estacionar o carro e conhecer as várias atrações a pé. Depois de atravessar a ponte de São Gonçalo, principal ponto turístico da cidade, o centro apresenta-se repleto de igrejas e belas construções.

Vale a pena vaguear pelas ruas, sem mapa, e conhecer a Igreja e Convento de São Gonçalo, a Igreja de São Domingos, Museu de Arte Sacra, Igreja de São Pedro, Museu Municipal Amadeo de Souza Cardoso, Casa da Calçada, Solar dos Magalhães e o Parque Ribeirinho.

Viana do Castelo

Foto: Facebook Câmara Municipal de Viana do Castelo

A cidade de Viana do Castelo fica no litoral atlântico, a cerca de 30 minutos da fronteira com Espanha e a menos de uma hora de viagem do Porto. Este destino combina história, cultura, gastronomia e paisagens tanto para o mar como para a montanha. É também um importante ponto de passagem para os peregrinos que seguem rumo a Santiago de Compostela pelo Caminho da Costa.

Aqueles que decidirem visitar Viana poderão fazer percursos de inspiração manuelina, barroca, art deco ou do azulejo e percorrer as ruas do centro histórico até Praça da República, o coração da cidade. Não devem deixar de ver os Antigos Paços do Concelho, a Igreja da Misericórdia, a Sé Catedral, o Museu do Traje, o navio Gil Eanes e a Basílica de Santa Luzia.

Ponte de Lima

Fundada em 1125 Ponte de Lima é uma das mais belas e antigas vilas de Portugal. Fortificada no século XIV devido à sua posição estratégica, esta vila medieval foi protegida por muralhas com nove torres e só se podia entrar através de uma das seis portas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Nesta cidade minhota há muito para explorar, começando pelo ex-libris turístico, a Ponte romana e medieval. O Parque do Arnado, Museu do Brinquedo, Largo de Camões, Praça da República, jardim Adelino Sampaio, Torre da Cadeia Velha, Avenida dos Plátanos são outros dos locais que deve explorar.

Guimarães

Guimarães é considerada a cidade berço do país porque foi aqui que nasceu Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal. O centro histórico foi classificado Património Mundial pela Unesco devido ao seu património original, autêntico e bem preservado.

Foto: Facebook Município de Guimarães

O Largo da Oliveira é um ponto de passagem obrigatório para quem visita a cidade, onde é possível observar o Padrão do Salado e a Igreja e Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira. Passando os Paços Municipais chega-se à Praça de Santiago que acolhe residentes e turistas nos seus restaurantes e esplanadas.

O Paço dos Duques de Bragança, monumento do séc. XV onde é possível observar a influência da arquitetura senhorial francesa, o Monumento a D. Afonso Henriques, a românica Capela de S. Miguel e, finalmente, o Castelo, são também locais indispensáveis a visitar.

Braga

Esta é uma das cidades mais antigas do país. Assume-se vibrante e cheia de jovens que estudam nas suas universidades. Conhecida por ser a «Cidade dos Arcebispos» é lhe facilmente associado o turismo religioso. Contudo, há muito por descobrir no centro histórico, como as ruas pedonais estreitas e labirínticas, praças e jardins convidativos e as fachadas de igrejas bem decoradas.

O passeio deve incluir uma ida até à Praça da República, Basílica dos Congregados, Igreja da Senhora-A-Branca, Avenida da Liberdade, Theatro Circo de Braga, Jardim de Santa Bárbara e à Sé de Braga. Quem visitar este destino não pode também deixar de subir ao Santuário do Bom Jesus, um ícone da cidade.

Aveiro

Aveiro fica junto ao mar e à ria e é atravessada por uma rede de canais por onde passeiam barcos moliceiros. Possui um conjunto de edifícios em estilo “Arte Nova” que vale a pena apreciar. Grande parte situa-se junto ao canal principal, mas existem alguns fora das rotas tradicionais.

Um dos locais obrigatórios a visitar é o Museu de Aveiro, instalado no Convento de Jesus, onde é permitido admirar o Mausoléu da Princesa Santa Joana e a talha dourada que decora o interior da igreja.

O ponto alto é mesmo atravessar a ria de barco, passando por entre as salinas e admirar a brancura do sal, que na época de verão forma pirâmides a secar ao sol. Aqueles que preferem mais animação podem dirigir-se até à Praia da Barra, onde se encontra o mais alto farol do país, ou à Costa Nova, conhecida pelos palheiros às riscas.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce