PUB
Recheio 2024 Institucional

Os alimentos que potenciam a “sensação de felicidade”

Os alimentos que potenciam a “sensação de felicidade”

O conceito de felicidade é bastante subjetivo, representando significados diversos para os cidadãos. Aquilo que pode ser a felicidade para uns pode não o ser para outros, e, embora, não seja possível sentirmos sempre felicidade, a verdade é que a vamos alcançando em determinados momentos do dia a dia.

Ao comer, por exemplo, são inúmeras as pessoas que atingem o seu pico de felicidade. E há alimentos que contribuem para isso mesmo, como o cacau, a banana e o abacate, sendo ainda perfeitos aliados na conquista de “bem-estar, bom humor e tranquilidade”.

Há pesquisas que garantem que o “consumo de chocolate preto puro, em pequenas quantidades todos os dias, além de melhorar o sistema cardíaco, gera endorfinas, as hormonas da felicidade”, escreveu o Notícias ao Minuto, este domingo, 20 de março, data em que se assinalou o Dia Mundial da Felicidade.

Por essa razão, os nutricionistas aconselham o consumo de chocolate preto puro, mas alertam que “a dose diária de 20 gramas não deve ser ultrapassada”.

Ao cacau, junta-se também a banana, uma excelente opção, dizem, para “ficar mais feliz através da alimentação”, uma vez que apresenta na sua composição “triptofano, magnésio, carboidratos, potássio, e as vitaminas B6 e biotina”. Esta penúltima é, inclusive, responsável pela prevenção de “depressão e ansiedade”, atuando ainda no “sistema cognitivo, com a síntese de neurotransmissores”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Já o abacate, por sua vez, possui na sua composição a vitamina B3, que atua sobre o sistema nervoso central, contribuindo, assim, para a “manutenção de hormônios que regulam as substâncias químicas do cérebro e garantem um efeito relaxante e uma sensação de bem-estar”, lê-se.

Além destes três alimentos, também os ovos têm um papel preponderante na contribuição de felicidade, sendo “altamente recomendados para gerar endorfinas”, sobretudo devido à “elevada quantidade de hidratos de carbono” e “triptofano (especialmente a gema)”.

De acordo com a nota divulgada, o triptofano contribui para a “produção de melatonina e serotonina”, que ajudam a regular, respetivamente, o ciclo de sono e o apetite e o humor.

Adicionalmente, os consumidores de aveia, um cereal composto por hidratos de carbono e fonte do aminoácido triptofano, também estão mais propensos a atingirem um nível elevado de felicidade. “A aveia ajuda o organismo a liberar serotonina e, com isso, provoca a sensação de felicidade”, explica, acrescentando que com o crescimento dos níveis cerebrais de serotonina, os sintomas de depressão e insónia reduzem.

Por último, os especialistas aconselham o consumo de espinafres, indiscutivelmente uma “boa arma contra a tristeza, já que contém potássio e ácido fólico”, completa.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem