PUB
Recheio 2024 Institucional

Observatório espacial da NASA com participação de investigadores da U.Porto

Observatório espacial da NASA com participação de investigadores da U.Porto

Foi lançado esta segunda-feira para o espaço o TESS (NASA), um observatório espacial que conta com a participação de investigadores da Universidade do Porto, ligados ao Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

O lançamento, refira-se, foi efetuado por um foguetão Falcon 9, a partir do Centro Espacial Kennedy na Flórida (EUA).

O TESS é um acrónimo inglês para Transiting Exoplanet Survey Satellite e terá como missão observar estrelas brilhantes até 300 anos-luz de distância, à procura de planetas a transitar nessas estrelas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo Margarida Cunha (IA e Universidade do Porto), membro do comité executivo do TASC (TESS Asteroseismic Science Consortium, ou Consórcio de Ciência Asterossísmica do TESS), em declarações ao portal de notícias da instituição, “um dos objetivos do TASC é usar asterossismologia para determinar propriedades como a massa, o raio ou a idade dos TESS Objects of Interest, isto é, estrelas em torno das quais se suspeita existirem planetas. A caracterização destas estrelas é essencial para a determinação das propriedades dos planetas em causa e também para a caracterização dos respetivos sistemas exoplanetários.”

O envolvimento do IA na missão TESS faz parte de uma estratégia mais abrangente para o estudo e caracterização de estrelas e exoplanetas.

Esta participação vai ainda auxiliar  a preparar as missões espaciais CHEOPS e PLATO, da Agência Espacial Europeia (ESA), nas quais o IA está envolvido ao nível do planeamento e da construção.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile