PUB
Recheio 2024 Profissional

“O meu irmão”, de Afonso Reis Cabral, é apresentado sábado no Porto

“O meu irmão”, de Afonso Reis Cabral, é apresentado sábado no Porto
O romance do vencedor do Prémio LeYa 2014 é apresentado no sábado, às 17h30, no Porto, na cooperativa Árvore, pelo escritor e crítico de cinema Pedro Mexia.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O meu irmão” aborda, entre outras, a questão das pessoas com síndrome de Down e o abandono do interior do país. Para Afonso Reis Cabral, a obra “é pura ficção, um romance”, onde “essa desolação do interior é vista pelo narrador, que tentei que fosse uma personagem desagradável e difícil”. “Essa desolação é vista por ele, não quer dizer que não seja assim, até pode ser, mas temos de desconfiar, porque o narrador é uma personagem como os outros, mas é ele que interpreta a realidade, daí que algum comentário mais cáustico seja dele”, declarou à agência Lusa o autor de 24 anos.
Aquando do anúncio do prémio LeYa 2014, o escritor Manuel Alegre referiu que “O meu irmão” trata “um tema delicado que podia suscitar uma visão sentimental vulgar: a relação entre dois irmãos, um deles com síndroma de Down”. A obra, acrescentou o poeta, demonstrou ser “um dos livros mais maduros”, entre os candidatos ao prémio, “curiosamente escrito pelo premiado mais jovem até hoje”.
Afonso Reis Cabral publicou em 2005 o livro “Condensação”, que reúne poemas escritos entre os 10 e os 15 anos. Em 2008 ficou em 8.º lugar num concurso europeu para estudantes em Língua e Literatura em Grego Antigo.
Mestre em Estudos Portugueses, pela Universidade Nova de Lisboa, trabalhou como revisor em várias editoras e, atualmente, trabalha como editor adjunto, na Alêtheia.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile