CIN - Branco Perfeito

O mais antigo e o mais recente presépio do Porto podem ser visitados lado a lado

O mais antigo e o mais recente presépio do Porto podem ser visitados lado a lado

Aquele que se julga ser o presépio mais antigo da cidade do Porto, datado do século XVIII, pode, este ano, ser visitado no interior da Igreja de São José das Taipas, localizada junto ao Jardim da Cordoaria. 

Habitualmente, a obra não está acessível ao público, “devido a questões de segurança e de conservação”, mas neste ano atípico, a Irmandade das Almas de São José das Taipas decidiu presentear a cidade com a sua exibição. 

O presépio, considerado uma obra de arte, de estilo barroco, distingue-se pela beleza e por outra particularidade muito característica, uma vez que, entre as suas figuras, está um quarto Rei Mago. Pode ser visitado no período da manhã, entre as 11h00 e as 12h30, ou no período da tarde, entre as 15h30 e as 17h00, até ao dia de Reis. 

Além disso, a Igreja de São José das Taipas apresenta ainda uma outra novidade: o mais recente presépio da cidade do Porto, da autoria do artista portuense Kilos, que pode ser visitado no exterior do edifício.   

Segundo a Irmandade, a base de inspiração para esta obra, pintada num painel de seis metros, foi a mensagem, de 2019, da Carta Apostólica do Papa Francisco sobre o significado do presépio. 

Os dois presépios podem agora ser visitados, lado a lado, naquela que é uma iniciativa que pretende “revitalizar a tradição do presépio no espaço público e transmitir uma mensagem universal de alento num tempo de pandemia”.  

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes