Santander Escolhas 1

O dia mais eclético do Primavera Sound

O dia mais eclético do Primavera Sound

Por entre as diversas bandas com atuações marcadas para o segundo dia da primeira edição do festival nascido em Barcelona, as atenções viram-se para Rufus Wainwright, que vem apresentar o novo “Out of the Game”, bem como para os norte-americanos Yo La Tengo e os Flaming Lips.
A variedade do cartaz de hoje acentua-se ainda mais com o português Rafael Toral, que atua no Porto a convite do festival britânico All Tomorrow’s Parties, horas antes de um dos maiores nomes da ‘country’ alternativa proveniente dos Estados Unidos, os Wilco.
Pelo meio há ainda espaço no palco ATP para acolher os Shellac, do músico e produtor Steve Albini, que formou a banda Big Black nos anos 1980 e produziu álbuns como “Surfer Rosa” dos Pixies e “In Utero” dos Nirvana.
A faixa das 01:00 de sábado vai ser a mais concorrida, sendo o único momento do dia com três bandas a tocarem em simultâneo, com a eletrónica dos Beach House, o ‘black metal’ dos Wolves in the Throne Room e o ‘rock’ alternativo dos Walkmen, que trazem também novo álbum, de nome “Heaven”.
No entanto, a noite não acaba aí, com M83 às 02:15 no palco Optimus, seguidos de Thee Oh Sees no ATP 15 minutos depois, enquanto no palco Club vários DJ da editora Numbers dão música aos mais resistentes.
O festival Primavera Sound decorre no Porto até domingo.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sinta-o-natal-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem70&utm_campaign=sabebemfazbem