PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Novo barómetro de avaliação à economia nacional

Novo barómetro de avaliação à economia nacional

A cada três meses, serão conhecidas as motivações, as apreensões e as necessidades do tecido empresarial português quanto à economia. Composto por uma pergunta fixa e três variáveis, todas de resposta fechada, o Barómetro Kaizen permitirá aferir do grau de confiança que os gestores depositam na economia portuguesa. Pelas respostas que darão sobre temas essenciais como exportações, faturação, rentabilidade ou inovação, entre outros, será possível ainda identificar novos caminhos a seguir. Entre as empresas representadas constam nomes como Amorim, Galp Energia, Sonae, Volkswagen Autoeuropa, Efacec, Caixa Geral de Depósitos, entre muitas outras. «Sendo trimestral, o Barómetro Kaizen permite avaliar a evolução de vários itens da economia portuguesa e será – pela oportunidade e pela notoriedade dos gestores que o compõem – um instrumento vital para analisar a conjuntura económica do país e lançar uma agenda de discussão pública sobre temas que estimulem a retoma da economia nacional» pode ler-se no comunicado enviado às redações.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem