PUB
CMPorto

Nove juntas de Matosinhos vão apresentar providência cautelar

Nove juntas de Matosinhos vão apresentar providência cautelar

À luz das propostas da Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território, divulgadas esta quinta-feira, o município passará a contar com menos seis freguesias, fruto da agregação entre Matosinhos e Leça da Palmeira; Senhora da Hora e S. Mamede de Infesta; Custóias, Guifões e Leça do Balio e, por fim, Lavra, Perafita e Santa Cruz do Bispo. Lutar até às últimas consequências para contrariar a proposta de reorganização administrativa foi o objetivo expresso pelos autarcas durante uma conferência de imprensa conjunta das juntas de freguesia e da Câmara de Matosinhos, realizada esta sexta-feira.
“Para já iremos preparar uma providência cautelar para ser apresentada nos tribunais competentes. Serão pelo menos nove juntas a apresentar. Por razões de natureza político-partidária haverá uma que, sendo solidária como tem demonstrado muitas vezes, provavelmente não enveredará por esse caminho”, afirmou o presidente da Junta de Freguesia de Guifões, Carmim Alves do Cabo, referindo-se a Lavra, liderada por um executivo CDS-PP.
O presidente da câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, também não se mostrou satisfeito com a redução de freguesias, defendendo que a medida representa um “atentado à identidade” do território do concelho.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem