PUB
CMPorto

Norte tem camélia-japoneira, com 300 anos, nomeada para Árvore Europeia do Ano

Norte tem camélia-japoneira, com 300 anos, nomeada para Árvore Europeia do Ano

A camélia-japoneira com 300 anos de idade, localizada na Villa Margaridi, no coração de Guimarães, está a representar Portugal no concurso Árvore Europeia do Ano. A votação está aberta até ao dia 22 de fevereiro.

“Natural da Ásia Oriental, a árvore é um exemplo da arte de topiaria e foi podada durante séculos para alcançar o seu formato singular. É um exemplar considerado de interesse público desde 2022”, lê-se no artigo da Time Out.

Depois de ter sido eleita Árvore Portuguesa do Ano, esta camélia-japoneira candidata-se ao título europeu com um vídeo promocional emocionante, intitulado “The Perfect Symbiosis Between Man and Nature (A Simbiose Perfeita entre Homem e Natureza)”, onde é a figura principal e serve como cenário para a história de amor de um casal ao longo do tempo, destacando a importância das relações entre as pessoas e a Natureza.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
YouTube player

O Concurso Árvore Europeia do Ano, criado em 2011, é realizado anualmente em fevereiro. Organizado pela Environmental Partnership Association, tem como objetivo principal “destacar o significado das árvores centenárias e do seu património natural e cultural”.

Pode votar, até ao dia 22 de fevereiro, na página oficial do concurso.

Foto: Facebook Município de Guimarães

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem